»  » 

WCOOP 2010: Vencedores de braceletes continuam a revelar-se

wcoop2009-thumb.jpgO World Championship Of Online Poker está a iniciar o lento caminho até à história e às doces memórias. À medida que desaparece na linha do horizonte, as pessoas que ganharam braceletes ainda se estão a habituar à ideia de que são campeões do Mundo, incluindo Tyson Marks, campeão do Main Event WCOOP.

A manifestação de alegria deve ser algo que desperta para um momento em que se olha para o passado como um vestígio de realidade e se percebe que há algo muito melhor. Algumas pessoas atingem-no artificialmente. Outras, espiritualmente. Os jogadores de poker fazem-no escalando uma montanha tão grande que apenas algumas pessoas podem saber verdadeiramente como é.

Além disso, é algo que estão em pulgas para partilhar. Como um terráqueo que foi o primeiro - o único! - a ver vida noutro planeta, o feliz deseja que outros saibam também como é a sensação... encontrar essa pessoa e partilhar a glória imensa da coisa... é uma necessidade como não existe outra.

O vencedor do Evento #33, Darreta, resumiu-o numa frase: "A sensação é indescritível. Gostava que toda a gente pudesse experimentá-la um dia".

E se não é pela explosão alucinogénica que surge ao ganhar um dos grandes, há a questão do dinheiro. A PokerStars distribuiu mais de $63 milhões em 62 eventos e mais de 140.000 buy ins. Entre essas pessoas está James "croll103" Carroll, que ganhou o evento $1.050 Limit Hold'em, do WCOOP deste ano para $80.000.

O seu simples objectivo no poker? "Ser rico", confessou.

james_carroll_d6.jpg

James Carroll

Os vencedores do WCOOP 2010 chegam de todos os caminhos do poker - grinders online, experientes pros ao vivo e rounders de uma vida inteira.

Repara na história de Eddie "mustbetilt" Fishman, vencedor do Evento #51 PLO.

"Comecei a jogar poker nas traseiras de um salão de snooker em Staten Island com o meu irmão gémeo Michael. Assim que fizemos 21 anos, começámos a viajar até Atlantic City. Acabámos por começar a jogar em full time e nunca mais olhámos para trás. Em 2002, fizemos a nossa primeira viagem a Las Vegas para asWSOP. Fiz ITM em três eventos e ganhei uma bracelete no $2.500 Omaha 8 para mais de $90.000".

mustbetilt.jpg

Eddie Fishman (à direita)

Depois há outros, como o jovem Money_1985, um australiano de 25 anos que fez questão de terminar a sua licenciatura. Estudou Economia e Finanças e saiu com o diploma. Como qualquer jovem responsável, foi à procura de emprego e rapidamente "aterrou" num grande banco. Mas rapidamente percebeu que não fora feito para passar o dia atrás de uma secretária.

"Decidi que seria melhor para a minha felicidade no geral demitir-me e apenas jogar poker", diz. "Foi extremamente difícil para mim ter um emprego a sério depois de já ter experimentado a sensação de liberdade que o estilo de vida do poker oferece".

E foi dentro desse estilo de vida que o nosso amigo se inscreveu no Evento #41, uma disputa de No Limit Hold'em, que era apenas uma questão de bater um field de cerca de 9.600 pessoas.

Desde então, adoptou a atitude "Don't worry, be happy", algo que se tornou bastante mais fácil com um triunfo de $282.798 no WCOOP.

Money_1985 .jpg

Money_1985

E depois temos o tipo de campeão que simplesmente - ao estilo de Babe Ruth - agarra a sua oportunidade.

"Recordo-me de estar a dizer às 22.27 que ia ganhar", disse-nos mviper256, um jogador retirado de uma liga secundária de baseball mas uma história de sucesso no poker que ganhou $120.000 no Evento #44 NLHE (2x Chance). "Nunca coloquei a hipótese de não chegar à mesa final".

Confiante? Claro que sim. Mas o dinheiro não é tudo para ele. Houve uma vez numa noite fria em Ft. Colins, Colorado, que um Supernova Elite fez uma oferta inocente de $200 para que alguém se lançasse às águas da fonte da cidade. O Sr. Mviper256 estava despido e dentro da fonte antes que houvesse tempo de o chamar de volta.

"Não foi tudo uma questão de dinheiro", explicou. "Mesmo depois da minha bracelete WCOOP fá-lo-ia sem pensar duas vezes. Sou capaz de pedir mais na próxima vez para o fazer pois $200 não pagariam a caução para sair da prisão se a polícia me apanhasse na fonte da cidade".

Quando está tudo dito e feito, no entanto, o espírito do WCOOP é o de todo o Homem que joga e ganha uma bracelete. O WCOOP permite às pessoas ganharem grandes campeonatos - braceletes que os jogadores de poker respeitam em todo o Mundo - sem sequer saírem do conforto dos seus lares.

O australiano aces_up4108 é um jogador relativamente experiente. Gosta de jogar poker e fá-lo a sério. Terminou o seu curso, esteve no exército, fala japonês, viveu os seus dias de loucura até aos 20 anos e é agora um homem de família.

"O momento alto do meu dia é ir à caixa de correio buscar a correspondência", graceja.

aces_up4108.jpg

aces_up4108

Aqui está, então, a piada da coisa. Os seus amigos acreditavam mais em si do que ele em si mesmo. No início deste ano, apostou que não teria este ano em grande ou um que o fizesse saltar para o topo dos rankings do seu país. Depois de ganhar o Evento #57 do WCOOP, parece que vai perder a aposta.

"Normalmente aposto contra mim próprio", revelou-nos. "Bem, é fixe ter amigos que acreditam em nós. Mas vou ter de lhes pagar o que lhes devo e comer quatro cucumbers em 4 minutos. Odeio mesmo cucumbers, mas se tivesse de escolher, ganharia novamente o torneio".

Estas são pessoas que são campeãs na maior competição de poker online do Mundo. Onde quer que vão, o seu feito será respeitado. Fazem parte de um clube de elite que requer mais do que esperança para se ser membro.

Eles são vencedores de braceletes do WCOOP 2010.

Related posts