EPT Berlim: Kevin MacPhee na frente rumo ao cheque de €1 milhão

ept-thumb-promo.jpgUma centena! Foi o número de jogadores que caíram durante o Dia 3 do EPT Berlim, restando apenas 24 na disputa do cheque de 1 milhão de euros que será entregue ao vencedor. Depois de no Dia 2 as eliminações se terem sucedido a um ritmo médio de 50 por hora, era impossível prever o que estaria para acontecer no Dia 3. E, na verdade, tardaram 8 horas para que fossem encontrados os 24 finalistas.

Entre os aspirantes ao milhão de euros que está em jogo, Kevin MacPhee parece partir em vanatgem neste sábado, uma vez que ostenta a condição de chip leader com 2.526.000 fichas. Uma soma importante mas não decisiva pois no poker, já se sabe, tudo pode acontecer e de um momento para o outro podemos ter um novo chip leader e o actual até ser eliminado.

kevin_macphee_wrap_day3.jpg

Kevin MacPhee - 2.526.000 fichas

Entre os 24 jogadores que hoje dão início à disputa do Dia 4 do EPT Berlim encontra-se, ainda, João Barbosa, com 794.000 fichas. O vencedor do torneio de Varsóvia está a conseguir impor o se jogo na capital alemã e procura, depois do 10 ITM em torneios do European Poker Tour, tornar-se no primeiro jogador a vencer duas etapas deste circuito.

A mesma sorte não tiveram André Andrade e Carlos Oliveira. Os outros dois portugueses que atingiram os lugares premiados acabaram eliminados precocemente do torneio. Andrade foi o primeiro a cair (69.º - 14 mil euros), enquanto Oliviera abandonaria o salão do Grand Hyatt Hotel muito perto do final do da, em 31.º lugar, com 21 mil euros extra no bolso.

Depois de um início de dia promissor, onde chegou a aproximar-se da fasquia do milhão de fichas, "cmpjo" teve algumas jogadas onde foi menos feliz e acabou por ser "obrigado" a arriscar todo o seu torneio com um , esbarrando de frente num de um rival.

Related posts