Team PokerStars Online Randy "nanonoko" Lew vence APPT Macau

appt_thumb_promo.jpgAdmito que por vezes, quando se fala da Team PokerStars Online, a malta tem uma certa tendência para imaginar os elementos deste conjunto de jogadores que somam, entre si, alguns dos melhores resultados de todos os tempos do poker online; Outros julgam-nos mesmo incapazes de brilhar no panorama do poker ao vivo. Mas aqui e ali vão surgindo provas de que eles são seres humanos de carne e osso (embora os seus lucros astronómicos possam indiciar o contrário) e que poker... é poker! Seja nas mesas online da PokerStars, seja ao vivo num grande torneio, quem sabe, sabe!

E, neste caso, não é uma reconhecida instituição bancária que sabe, nem o Cristiano Ronaldo, como afirma o anúncio dessa mesma instituição. Quem provou que sabe foi o Team PokerStars Online Randy Lew, mais conhecido na PokerStars como "nanonoko", que venceu o Main Event do PokerStars.net APPT Macau para um prémio de HKD $3.772.000. Qualquer coisa como $480.000...

randy_lew_wins_appt_macau-thumb-450x299-149408.jpg

Team PokerStars Online Randy "nanonoko" Lew

Lew entrou na mesa final como short stack e com um pouco de sorte, muita paciência e uma estratégia exemplar conseguiu trilhar o seu caminho até ao triunfo.

"Tive damas contra ases, o que foi um grande cooler, mas depois disso consegui trabalhar muito bem a minha stack", admitiu Lew no final. "O meu adversário de heads-up era um jogador muito competente. No entanto, senti-me bastante confiante porque jogo muitos heads up online contra bons jogadores", resumiu.

E como elemento, neste momento, mais habilitado a comparar as sensações de um grande triunfo online com as de um grande triunfo ao vivo, Lew não se furtou à questão: "Ganhar online parece um pouco virtual. É mais ou menos como o meu campo de treinos para estes torneios ao vivo. Os torneios ao vivo são mais ou menos o teu currículo e, agora, tenho algo para colocar no meu currículo, o que sabe muito bem", comparou.

O torneio onde o macaense Jimmy Pan foi vice-campeão (HKD $2.367.000) ficou também marcado pelo regresso de Phil Ivey aos torneios ao vivo. O norte-americano não jogava desde Maio de 2011, depois de lançar um comunicado a anunciar que ia boicotar as WSOP. Ivey chegou ao Dia 2 do evento mas acabou eliminado na noite de sexta-feira.

phil_ivey_macau_day1a.jpg

Phil Ivey no Dia 1A do APPT Macau

A Team PokerStars Pro, de resto, também esteve muito bem representada naquela antiga dependência portuguesa, com as presenças de Alex Kravchenko (Rússia), José "Nacho" Barbero (Argentina), Max Lykov (Rússia), Raymond Wu (Ásia), Celina Lin (Ásia), Bryan Huang (Ásia), Vivian Im (Ásia) e Mickey Pedersen (Team Online).

O vencedor de 10 braceletes das WSOP, Johnny Chan, também participou neste evento, alcançando HKD $46.700 pelo 60.º lugar. Outros notáveis que chegaram aos lugares premiados foram o antigo cxampeão da Grand Final do APPT em Sydney, Grant Levy (25.º - HKD $77.800), o campeão do APPT Macau 2010, Victorino Torres (36.º - HKD $70.000), Terrence Chan (56.º - HKD $51.300) Andrew Scott (61.º - HKD $46.700) e Julian Paowell (69.º - HKD $46.700).

Este foi também um torneio onde foi estabelecido um novo recorde de participantes no Main Event do APPT, com os 575 jogadores registados em Macau a suplantarem a marca de 561 registada na Grand Final de Sydney em 2007. Aqui ficam os resultados da mesa final, mas podes consultar todos os premiados na página de payouts do APPT Macau 2011.

pokerstars_appt_macau.jpg

Related posts