outubro 2008 Archives

outubro 30, 2008 5:32 PM

EPT Budapeste: mais um dia está completo

Um típico Dia 2 de um grande torneio de poker é aquele em que a maioria dos movimentos é feita, as fichas voam em enormes grupos de um jogador para outro e muitos sonhos morrem. Onde há vencedores, deverá haver perdedores, onde há afortunados, há desafortunados, e onde há criadores de manchete, há inevitavelmente notas de rodapé. Em meio a tantas coisas inevitáveis, há sempre algo novo também. Nós já havíamos visto estes padrões, mas as variações deste tema são quase hipnotizantes.

_MG_6382Neil Stoddart.jpg

Hoje à noite, enquanto eles empacotavam suas fichas para o Dia 3 de amanhã, já tínhamos um novo nome no topo: Albert Iversen, da Dinamarca, que aumentou a voltagem nos poucos níveis finais para terminar com 425.000. A frase que se seguirá, entretanto, já foi escrita muitas vezes anteriormente: classificados PokerStars também não ficaram por baixo. Mas esses jogadores representam ambos nomes novos para os jornalistas e espectadores: há o inexorável escandinavo Martin Jacobson, da Suécia (365.000), mas também um Eslovaco, Lukas Benkovic (224.000).


_MG_6414Neil Stoddart.jpg
Martin Jacobson

_MG_6396Neil Stoddart.jpg
Lukas Benkovic



Na categoria de herói local, Zoltan Toth saiu na frente (175.000). E completando o time de jogadores de grande porte rumo ao penúltimo dia, estão Alex Kravchenko (114.000), do Team PokerStars Pro, e Johnny Lodden (131.000), jogador patrocinado PokerStars.

Notáveis pela sua ausência na turbulência final, estão duas das principais forças dominantes do torneio, que chegaram perto do topo da contagem de fichas do Dia 1, mas deixaram o evento sem um cheque de pagamento. Nem Annette Obrestad, nem Arnaud Mattern puderam chegar ao dinheiro; Praz Bansi, Fintan Gavin, Luca Pagano e William Thorson pegaram a estrada com eles antes que qualquer um começasse a ser pago.

O ultimo jogador a ir para a noite de Budapeste sem nada foi Thomas Vestergaard, que se tornou a eliminação mais celebrada e também mais desafortunada ao sair queimado pela explosão da bolha.

_MG_6450Neil Stoddart.jpg

Enquanto os espectadores se reuniam, Vestergaard tinha a mesma mão de Christophe Wemelbeke, mas o A-K de Wemelbeke fizeram pares de paus e três no flop, o que foi decisivo.

O furacão de eliminações que se seguiu inevitavelmente incluiu Sorel Mizzi, Kara Scott e Danny Ryan. No fim do dia, restavam 41 jogadores, que já têm €6.384 garantidos, mas jogarão amanhã para vencer a Mesa Final e se aproximar do prêmio de €595.839 do primeiro lugar.

A contagem de fichas oficial e completa está disponível agora, basta clicar em qualquer trecho desta linha para visualizá-la.

É claro, o blog do PokerStars seguirá a ação até o fim, e você também poderá acompanhar tudo no blog Húngaro, AlemãoeSueco, caso deseje. Você também pode conferir o PokerStars.tv para ter acesso aos vídeo-blogs, ou obter uma retrospectiva da disputa do dia com os links abaixo, da cobertura até este momento (em Inglês).

Preparando-se para uma nova aventura
Thorson assiste
Speaing aumenta o volume
Há um jogador no pedaço
Em volta das mesas
O que é, o que poderia ter sido
The state of play
Orgulho nacional
Atacando o líder
Grandes movimentos
De todos os cantos
Hundred grand não o que parecia para mim
All ins e eliminações
O campeão de Praga toma seu caminho
Um monte de fotos
Kravchenko na ação
Hora da bolha
Tudo vai pra dentro
O primeiro dos que caem do dinheiro

E para completar, que tal observar toda a animação e tensão do Dia 2 do EPT Budapeste expressas em duas fotografias, da jogadora patrocinada PokerStars Kara Scott?

_MG_8612Neil Stoddart.jpg

_MG_6335Neil Stoddart.jpg

Boa noite.

outubro 29, 2008 5:13 PM

EPT Budapeste: todos de olho no Dia 2

O Dia 1B do EPT Budapeste teve um início lento, um desenvolvimento frenético e um final que misturou tudo. Dentre os vitoriosos e derrotados, encontram-se aqueles que estão simplesmente felizes por estarem vivos. Um dia no EPT pode ser um ambiente duro e imperdoável, mas 94 jogadores amontoaram suas fichas em sacos plásticos hoje à noite e irão focar-se na batalha que enfrentarão amanhã.

_MG_8163Neil Stoddart.jpg

Os estágios finais se mostraram voláteis, com várias eliminações nos pegando. Sebastian Ruthenberg foi encontrado fazendo a caminhada da vergonha antes que qualquer um pudesse entender o porquê, uma caminhada já feita por seu compatriota e colega, a estrela cadente Jan Heitmann, no mesmo dia. Enquanto o campeão de Barcelona lambia suas feridas, o jogador Italiano Mauro Corsetti deixou apenas um rastro de poeira conforme galgava seu caminho rumo à liderança, terminando o dia como líder de fichas perto de 130.000.


_MG_8422Neil Stoddart.JPG
Mauro Corsetti

Ele deixou uma lista de pretendentes atrás dele, com esperanças de obter a salvação amanhã. O Francês Pierre Husson seria provavelmente o próximo na fila, com 71.000. O profissional Americano Casey Castle estava em sua cola com 70.000, enquanto o Londrino Praz Bansi manteve o passo com 68.000.

Para o Team PokerStars Pro, o Dia 1B foi misto. Noah Boeken saiu logo. A seguir, foram Vicky Corene e, um pouco mais tarde, Bertrand “ElkY” Grospellier, que poderia ser perdoado por cair cedo pelo fato de ter voado para Budapeste apenas poucas horas após sua vitória no WPT, em Las Vegas. Pareceu bom para o Francês, mas logo depois as coisas iam mal, e ElkY foi eliminado com um empurrãozinho de uma mão que ficou ruim contra uma trinca no flop.

_MG_8202Neil Stoddart.jpg
Dario Minieri, do Team PokerStars Pro

Dario Minieri voou próximo ao sol e parecia pronto para reaparecer em um bronze dourado, quando um feitiço implacável caiu sobre a mesa, debilitando seu jogo quase permanentemente, para então receber o tiro e cair no meio do caminho.

William Thorson e Alex Kravchenko conseguiram terminar o dia, mas Thorson não terminou numa boa posição. Ele perdeu uma mão crítica com poucos minutos restantes e ficou com apenas 6.500 fichas. Seu colega Russo dormirá mais tranqüilo, com 40.000.

_MG_8345Neil Stoddart.jpg
Alex Kravchenko, do Team PokerStars Pro

A missão de brilhar ficou então por conta das estrelas adotadas do Team Pro. Johnny Lodden tentou vencer o hábito de toda sua vida, mas não conseguiu, disputando mãos não-jogáveis e vencendo com elas, terminando com uma pilha de 42.000. A abordagem mais conservadora de Kara Scott lhe caiu bem. Apesar de ter descido para 4.000 antes do meio do caminho, ela manteve uma atitude cuidadosa de sobrevivência, terminando de forma florida nas mãos finais e ensacolando 20.500.

_MG_6182Neil Stoddart.jpg
Johnny Lodden, jogador patrocinado pelo PokerStars

Então amanhã será o Dia 2, quando os 88 sobreviventes do Dia 1A, incluindo o membro do Team PokerStars Pro, Luca Pagano, juntar-se-ão com os 94 de hoje, incluindo Claudio Pagano. Você pode verificar as contagens de fichas e o resto do Dia 1a e 1b em nossa página de contagem de fichas (em Inglês).

Enquanto isso, você pode olhar a ação de hoje clicando em qualquer um dos links abaixo, ou então ver o trabalho dos vídeo-bloggers noPokerStars.tv (em Inglês).

De volta ao Dia 1B
Trazendo para Casa
A paisagem matinal
Tudo quieto no início do Dia 1B
Lodden sai
Novo herói do Poker
Saiba quando segurá-lo, saiba quando...etc
Grande Scott em batalha morro
Vindo de Londres
Tal Pai, tal filho
Últimas eliminações
Líder de fichas
Ação nos tribunais
Ruthenberg subindo
A esperança termina para dois jogadores
Esmola ou Penitência
Chegando ao topo

Você ainda pode ler tudo sobre o torneio em várias outras línguas. Aqui em Budapeste, nosso novo Blog Húngaro já está pronto para a sua visita, assim como nosso velho Blog Sueco , que também vale a pena conferir.

outubro 28, 2008 5:12 PM

EPT Budapeste: O 1º dia desta história de sucesso

Não estamos nem a um quarto do caminho, mas já podemos dizer que o EPT Budapeste é um sucesso. Este pode ser o primeiro grande torneio de poker da Hungria, mas até agora ninguém cometeu o menor tropeço -- e as coisas tendem só a melhorar ainda mais na semana que vem.

_MG_8155Neil Stoddart.jpg

Este, entretanto, é o fim do dia 1A, que começou com os organizadores oficiais do torneio anunciando que todas as cadeiras haviam sido vendidas (540 delas) e terminou com 90 sacolas de fichas. E havia um rosto familiar que chamava bastante atenção: a norueguesa Annette Obrestad, que deve ter acabado de completar 20 anos, mas já é uma veterana no EPT. Ela ganhou dois enormes potes perto do fim da disputa, derrotando dois jogadores na mesma mão em que duplicou um par dois, e é a provável líder de fichas, com cerca de 100.000.

Arnaud Mattern, o campeão do EPT Praga da 4ª Temporada, teve alguns níveis finais instáveis -- mas isso só correspondia à diferença entre uma pilha grande e uma pilha enorme. Ele terminou com quase 82.000 fichas, o que é provavelmente bom o suficiente para um segundo lugar.

_MG_8059Neil Stoddart.jpg

Este foi um dia para ser esquecido pelos Team PokerStars Pros Marcin Horecki e Katja Thater. Horecki levou a Mesa Final do EPT Londres no início do mês, mas pereceu prematuramente aqui. Thater, vencedora do bracelete da World Series, também não conseguiu engrenar em Budapeste e perdeu tudo no meio da tarde. As notícias são um pouco melhores para Luca Pagano, que levanta a bandeira do Team PokerStars Pro no dia 2. O italiano acelerou e dobrou sua pilha nos primeiros pares de níveis. E, embora 25.000 ainda seja mais do que simplesmente continuar resistindo, ele teve uma suave descida em meio ao campo.

_MG_5980Neil Stoddart.jpg
Luca Pagano, Team PokerStars Pro

Anton Ionel, da Romênia, tem cerca de 60.000; Robert Andersson, da Suécia, cerca de 51.000. Embora o favorito local, Valdemar Kwaysser, tenha ido embora, muitos outros húngaros permanecem em campo, incluindo Antonio Karman (45.000), Peter Gelencser (35.000) e Jozsef Ruttkai (35.000). Como sempre, a contagem aproximada de fichas mais recente pode ser encontrada na página de contagem de fichas. Esta página será atualizada em breve com a contagem de fichas completa e oficial (em Inglês)

_MG_7947Neil Stoddart.jpg

Enquanto isso, você pode obter uma retrospectiva da ação do dia clicando em quaisquer dos links abaixo (em Inglês), ou ainda ver o trabalho dos vídeo-bloggers no PokerStars.tv (em Inglês). O Dia 1B começa às 13h de amanhã, quando o campo estará igualmente repleto de estrelas e haverá mais do que disputas brilhantes. Até lá, boa noite.

A disputa já começou
Vencedores e perdedores
Uma visão agourenta
Voando para Budapeste
Rumo à pausa
O Jogador do Ano exibindo sua classe
Grande lay-down para o Team Pro
Os altos e baixos de Strassman
Horário da pausa
O jogo da geração
Duas vezes Campeão
Onde estão os vencedores
O relógio faz tic-tac

Não se esqueça, você pode ler tudo sobre o torneio em inúmeras línguas. Aqui em Budapeste, nosso novo blog húngaro blog já está no ar e esperando pela sua visita. Nosso blog sueco já existe há bastante tempo, mas vale a pena conferir.

outubro 26, 2008 11:38 PM

ElkY conquista o WPT Festa al Lago

Já que parece impossível cometer algum exagero ao descrever o desempenho de Betrand "ElkY" Grospellier, membro do Team PokerStars Pro, vamos encarar esta notícia como uma simples suavização dos fatos.

ElkY está vivendo um bom ano.

Antes de nos perdermos em meio a tantas realizações do jogador e esquecermos o principal, devemos nos lembrar primeiramente que ElkY acaba de ganhar o World Poker Tour Festa al Lago em Bellagio, Las Vegas. Ele embolsou $1,4 milhão ao superar um campo de 368 pessoas.

Isso confere a ElkY o segundo maior título do ano. Ele começou 2008 com um ganho de $2 milhões no PokerStars Caribbean Adventure. Esse evento marcou a estréia do PCA no European Poker Tour e conferiu a ElkY seu primeiro prêmio num EPT.

Em Maio, ElkY ficou em 5º lugar no Grand Prix de Paris, levando mais de $120.000. No ultimo mês, ele quase ganhou um bracelete WCOOP no evento mano-a-mano de $25.000. Ele terminou em segundo lugar, com $320.000.

As façanhas de ElkY no Festa al Lago este ano não começaram no Evento Principal. Há pouco dias, ele faturou $55.000 pela 2ª colocação numa disputa No-Limit Hold'em de $2.500.

Então veio o Evento Principal em Festa al Lago este ano. Nosso jogador sentou-se à mesa final esta noite ao lado de grandes nomes como Nenad Medic e Nam Le. ElkY foi à Mesa Final com a liderança de fichas e conseguiu mantê-la até ser declarado o vencedor.

Aos 27 anos de idade, ElkY já reuniu mais de $4 milhões em ganhos de carreira em torneios ao vivo. Ele ganhou a maior parte do dinheiro nos últimos dez meses.

De fato, o homem está vivendo um ano muito bom mesmo.

Parabéns, ElkY, por outra grande realização.

outubro 12, 2008 4:40 AM

APPT Auckland: resumo completo, com campeão local coroado no SkyCity Casino.

Bem, a festa acabou, coroamos nosso campeão, Kiwi Daniel Craker, e agora é hora de refletir sobre outro grande evento do Asian Pacific Poker Tour. O Festival de Poker Auckland SkyCity do PokerStars.net APPT realmente projetou o poker no país. O SkyCity Auckland bateu todos os recordes na Nova Zelândia e pode agora reclamar para si o título de lar do poker por estas terras.

Winner_01.jpg

Campeão do Evento Principal do PokerStars.net APPT Auckland 2008, Daniel Craker, da Nova Zelândia.

A Nova Zelândia é um país maravilhoso, cheio de belezas naturais e palco de uma cultura fantástica. Além disso, a hospitalidade de sua gente torna-o um lugar que está sempre de braços abertos às visitas. Quer você prefira praticar bungee jumping saltando do alto do Sky Tower ou apreciar algumas das cozinhas mais refinadas do globo, o fato é que jogadores de toda a Ásia, do Pacífico e realmente de todo o mundo desfrutaram das maravilhas de Aotearoa, a Terra da Grande Nuvem Branca, Nova Zelândia.

SkyCity é um dos Casinos mais receptivos em que já cobrimos, e todos os jogadores deixarão o local falando bem do padrão do serviço que receberam lá. O poker aqui não foi menos espetacular, com alguns dos melhores do mundo correndo para aproveitar tudo que era oferecido. Os Team PokerStars Pros Joe Hachem, Greg Raymer e Lee Nelson, celebridade local, estavam todos presentes e cancelaram seus negócios não apenas para disputar o jogo que adoram, mas para passar algum tempo com outros jogadores e com a multidão de fãs que se concentrava no Festival.

Winner_03.jpg

Diretor Executivo de Jogos de Mesa de SkyCity, Ejaaz Dean, premiando o cheque ao Campeão do APPT, Daniel Craker.

Eric Assadourian e Grant Levy, dupla dinâmica de Sydney e jogadores patrocinados PokerStars, tiveram ambos boas semanas e mostraram ser também grandes representantes do poker. Assadourian e Levy estiveram frente à frente no Evento Paralelo Pot-Limit Omaha de $550 durante as séries, onde foi necessária uma hora e meia até que se chegasse a um vencedor e Assadourian finalmente faturasse o primeiro lugar e $12.000 NZD, ao tempo que Levy embolsou $7.500 NZD.

Eric As 01.jpg

Eric Assadourian, jogador patrocinado PokerStars.

Enquanto os poucos jogadores restantes continuaram no Evento Principal, a mesa ao lado assistia a uma batalha mano-a-mano épica do Evento High Rollers entre Carter Gill e Michael Long, ambos dos EUA. Finalmente Carter Gill triunfou, levando $83.000 NZD por todos os perigos que enfrentou.

High_rollers_final_01.jpg

Os 5 últimos do High Rollers do APPT Auckland. Carter Gill, o vencedor.

Dentro da perspectiva local, podemos citar James “Paddywhack” Honeybone e seu parceiro Chris Walton. Ambos chegaram ao Dia 2 do Evento Principal e deram uma amostra real do talento da Nova Zelândia. A dupla aparecia freqüentemente estampada em bandeiras da Nova Zelândia ou ainda, numa solução um tanto quanto apelativa, flanqueados por garotas que seguravam as bandeiras atrás deles.

Walton_Honeybone.jpg

Chris Walton e James Honeybone, retratados com a namorada de James, Christina.

A Mesa Final do Evento Principal foi o verdadeiro destaque quando os competidores locais entraram na Sala de Poker do SkyCity para assistir a Daniel Craker, de Wellington, Nova Zelândia, que saiu levando $257.040 NZD e o título de Campeão do Evento Principal do APPT Auckland 2008. Daniel será um grande embaixador e foi realmente fantástico ver o título -- e o dinheiro -- permanecerem na Nova Zelândia. Sul-coreano nascido neozelandês, Wang Che Jung ficou em terceiro lugar, enquanto o australiano Matthew Konnecke ficou em segundo, exibindo também uma performance impressionante ao longo do evento. Era um prazer assistí-los jogar.

Final_table_01.jpg

A multidão se amontoa no SkyCity Casino Auckland para assistir à batalha da Mesa Final.

A pressão foi intensa e, embora chegássemos à mesa fnal bem rapidamente, este evento foi uma dura batalha. Uma vez que a disputa foi reduzida a quatro mãos, tudo desacelerou e a ação se tornou estável e séria quando os jogadores se aperceberam de quão perto realmente estavam de ter em suas mãos o primeiro título do Evento Principal da Nova Zelândia da APPT Series do PokerStars.net.

Ao fim, foi o neozelandês Daniel Craker quem realmente levou o título. Craker ganhou sua entrada para o evento no SkyCity Casino por apenas $80, no último dos torneios satélites disputados na sala de poker. Após ganhar o Evento Principal, Craker comentou sobre sua vitória: "Não dormi muito na noite passada, senti que joguei impecavelmente ontem, mas meu poker não foi muito bem hoje. Quando eu tive sorte e fiz dois pares com rei-duque, senti que não havia nada a perder. Não tenho certeza do que farei agora, mas sei que vou sair e comemorar hoje à noite com meus colegas Wainuiomata!"

Então agora mude seu foco para Manila, nas Filipinas, para o próximo passo da 2ª Temporada APPT do PokerStars.net APPT. O APPT Manila é sempre um de meus eventos favoritos. Se você deseja adentrar em um dos países mais fascinantes do mundo a fim de obter um misto de cultura e poker, então coloque este na sua lista de eventos imperdíveis. O PokerStars, como sempre, está oferecendo uma miríade de satélites para todos os bolsos e contas bancárias, então não há motivos para não se juntar ao time nesta 2ª Temporada do APPT Manila, o tour que traz poker de classe mundial aos mais exóticos locais de viagem (em inglês).

Bem, é tudo que temos a dizer a seu respeito, Auckland, além de parabéns a Daniel Craker, nosso Campeão do Evento Principal do APPT Auckland. Agora o time de blog do PokerStars está ansioso para trazer até você toda a ação de Manila.

outubro 11, 2008 6:28 AM

APPT Auckland: Resumo do Dia 2

Por James Potter e Eliot James

Chegamos ao fim do Dia 2 do Evento Principal do Festival de Poker APPT Auckland SkyCity PokerStars.net. Foi um longo dia com 9 níveis de jogo. O poker, todavia, foi certamente de primeira qualidade. O Salão de Poker SkyCity nunca presenciou este tipo de ação antes, e os moradores locais se amontoaram para ver o maior evento de poker da história do país.

Foi um dia curto para Celina Lin, jogadora patrocinada pelo PokerStars e uma das primeiras casualidades da disputa. Joe Hachem, membro do Team PokerStars Pro, batalhou duro durante todo o dia, mas não conseguiu receber as cartas certas para continuar no desafio. Temos de dar crédito ao campeão por ter chegado tão longe, mesmo com as coisas não saindo bem. Tony, irmão de Joe, manteve todos entretidos -- esse playboy do poker chegou ao dinheiro mostrando que é bom no negócio.

Tony Hachem.jpg

Tony Hachem...garantido!

Grant Levy também terminou no dinheiro e com outra boa colocação para este que é o vencedor da Grande Final do APPT do ano passado adicionar à sua crescente reputação de um dos melhores da região.

Estamos agora com 11 jogadores restantes, que retornarão amanhã a fim de lutar no dia final do torneio. É para isto que os jogadores de poker disputam. Todos estarão ansiosos hoje à noite e talvez não consigam dormir muito.

Luke Stanford, o garoto local, é nosso líder de fichas e jogou poker de forma praticamente impecável durante o dia inteiro. Quente na sua cola está Nathanael Seet, com 400.000 fichas. O cingapuriano deve iniciar amanhã como o favorito, e será difícil vencê-lo.

Stanford.jpg

Luke Stanford lidera o caminho no dia final


Daniel Craker é outro dos desafios locais, e tem sido muito bom ver tantos Kiwis chegarem fundo no dinheiro. É certamente um crédito para o jogo, e seria um resultado impressionante um local sair com o título.

Craker_01.jpg

Daniel Cracker, outro dos desafios locais, também vai bem na mistura.

Sintonize amanhã cedo e veja a biografia de todos os jogadores na mesa final e toda a ação do APPT Auckland.

outubro 10, 2008 9:51 AM

Cem jogadores e uma quota do Million Dollar Man

Quer uma parte da fortuna de Darus Suharto, Million Dollar Man do PokerStars? Você não pode comprar uma quota de seus ganhos agora, mas pode ganhá-la neste fim de semana.

É claro que comprar uma quota de alguém num torneio é uma proposta um tanto quanto delicada. Mesmo que você tenha muita confiança no jogador, o mundo dos torneios é imprevisível, e a chance de obter retorno em seu investimento é apenas um pouco maior do que no mercado de ações (ok, essa é provavelmente uma piada ruim para esta semana).

Mas imagine o que seria gastar apenas 500 Pontos de Jogador Freqüente e ter retorno garantido num jogador que já conta com cerca de $1 milhão garantido no maior torneio de poker do mundo...

Cem jogadores PokerStars já o fizeram esta semana. Mais de 13.000 pessoas investiram seus 500 Pontos de Jogador Freqüente. Não apenas os 4.000 melhores jogadores saíram com dinheiro (PinkGeorgy venceu $10.000 pelo primeiro lugar), também os 100 melhores jogadores obtiveram 0,01% de David "Chino" Rheem.

Rheem e os outros cinco Million Dollar Men do PokerStars disputarão o bracelete da World Series no dia 9 de Novembro. Você ainda terá a chance de ganhar uma quota de outro Million Dollar Man.

Neste Domingo, 12 de Outubro, às 16:00, está em disputa uma quota dos ganhos de Darus Suharto. Por apenas 500 FPPs, você obtém sua chance num primeiro prêmio de $10.000 e uma quota de Suharto na Mesa Final da WSOP no próximo mês.

Clique em TORNEIO e ESPECIAL, no lobby do sistema PokerStars, para se inscrever hoje.

Para mais informações, visite a página de Promoções dos Million Dollar Men do PokerStars .

Boa Sorte!

outubro 10, 2008 3:06 AM

APPT Auckland: Kiwi lidera ao fim do Dia 1B

Por James Potter and Eliot James

O Dia 1B do Festival de Poker APPT SkyCity Auckland do PokerStars.net chega a um desfecho, definindo aqueles que disputarão o Dia 2 amanhã. Depois de um grande dia de poker, restam 47 dos 142 jogadores que iniciaram o dia. Isso leva-nos ao número total de 306 inscritos no evento, um esforço que bateu um recorde impressionante da Nova Zelândia, do APPT, e de SkyCity.

A partida mais notável e prematura foi a de Eric Assadourian, que durou menos de dez minutos antes de pegar a estrada. O outro grande nome do poker a dizer adeus foi o Team PokerStars Pro Lee Nelson, que foi nocauteado quando forçou uma pedida. A equipe do PokerStars.tv teve a oportunidade de conversar com Assadourian sobre o evento de hoje:


Assista: APPT Auckland 08: Eric Assadourian no PokerStars.tv

Junto com as histórias das feias derrotas vêm as mais felizes, com alguns dos grandes nomes causando impacto. O Team Pokerstars Pro Joe Hachem ainda está no torneio, com pouco menos de 22k em fichas. Ele terá de causar um impacto logo cedo no Dia 2, o que resultará em um poker interessante para muitos. Outra personalidade no páreo é Grant Levy, o campeão do Evento Principal do APPT Sidney 2007, com pouco mais de 30k e seguro de continuar com o bom trabalho amanhã. Shane Dye, praticante local de Jockey, permanece na disputa com pouco mais de 20K, o que representa um grande esforço se levarmos em conta que ele esteve abaixo de 3k mais cedo.

Massage 02.jpg

Joe Hachem recebe uma mãozinha para atravessar o Dia 1B.

A liderança de fichas do Dia 1B foi resultado de uma batalha corpo a corpo entre Amant Nauhria (94K) e Bryan Huang, de Singapura (93K). Huang tinha uma pilha de fichas dominante durante o dia e está querendo melhorar sua terceira colocação no Evento Principal do APPT Macau do último mês. Ambos hão de juntar-se a Nathanael Seet, da Singapura (líder de fichas do Dia 1A, com 75k) no topo da tabela de líderes.

Nauhria_02.jpg

Amant Nauhria, líder de fichas do Dia 1, com Ted Everard, seu amigo neozelandês que se manteve firme ao longo do Dia 1A ontem.

O Poker foi novamente o vencedor e um campo de mais de 100 jogadores que chegaram ao Dia 2 deve estar bem descansado com a configuração das rodadas do Dia 1. Entretanto, amanhã é o dia em que tudo começa, e devemos estar preparados para sua possível longa duração. Os blinds começam a aumentar, os líderes ganham algum controle e as pilhas pequenas sentem a pressão enquanto nos aproximamos da bolha no 33º lugar. Haverá bastante tempo de jogo e Danny McDonaugh, diretor do torneio APPT, espera cerca de 9 a 10 níveis para esta que será indubitavelmente outra batalha cheia de energia aqui em SkyCity Auckland.

Estamos ansiosos para vê-lo amanhã no Dia 2, às 12:15, horário local da Nova Zelândia.

outubro 9, 2008 3:16 AM

APPT Auckland: A Lenda cai com o fim do Dia 1A

por James Potter e Eliot James

O Dia 1A do APPT SkyCity Auckland Festival of Poker do Pokerstars.net terminou após sete amigáveis níveis. Após um ótimo dia de poker, restam 59 jogadores de um campo inicial de 168. Tendo cada um deles começado com pilhas de 10k, a média agora está em torno de 28.000.

A mais notória partida prematura foi de Emad Tahtouh, que infelizmente nem começou. Outro grande nome a sair foi Greg Raymer, Team PokerStars Pro nocauteado numa das últimas mãos do dia, quando empurrou sua pequena pilha 10-10, mas bateu J-J.

Muito da nata subiu com os jogadores patrocinados Celina Lin e Tony Hachem conseguindo passar. O jogador local Simon Davis terminou o dia forte, com 33.000 fichas. O australiano Peter Aristidou, com aproximadamente 50.000 em fichas, também estará bem na caça para o Dia 2.

Neste momento eles estarão perseguindo Nathanael Seet, de Singapura, que possui cerca de 80.000 fichas, a maior parte delas obtida no finalzinho do dia. A contagem de fichas foi publicada durante o dia no Blog do PokerStars , e uma contagem final foi adicionada assim que os números foram divulgados (em Inglês).
Nat Seek.jpg

Nathanael Seet, mais do que confortável atrás de sua pilha de fichas.

O poker foi bem quente durante o dia, e podemos mencionar especialmente Eric Assadourian, que venceu o evento Pot Limit Omaha e jogou até agora três torneios PLO na Nova Zelândia, somando três vitórias. Seu pai também sobreviveu ao Dia 1A -- um bom dia para a família.

_W9F8533.jpg

Peter Aristidou, Eric Assadourian e Tony Hachem, momentos após Eric ter ganhado outro título de PLO.

Amanhã, Eric estará novamente no feltro, jogando o Evento Principal com seus colegas, o jogador patrocinado pelo PokerStars Grant Levy, além de Joe Hachem e Lee Nelson, membros do Team PokerStars Pro. Esperamos ver todos vocês amanhã para o Dia 1B, às 12:15 no horário local da Nova Zelândia!

outubro 6, 2008 7:30 PM

EPT £1 Million Pound Showdown - Missão Cumprida!

Os eventos High roller no European Poker Tour são alguns dos eventos paralelos mais caros no mundo. O Million Pound Showdown no EPT Londres desta semana foi o mais rico que já vimos nestas terras. Custou £20.000,00 para ingressar, algo entre $30.000,00 e $40.000,00 e ofereceu um total de prêmios garantido de 1 Milhão de Libras. Conforme aconteceu, os 86 jogadores ultrapassaram a garantia generosa e, ao se reunirem ontem, sabiam que estavam jogando por um primeiro prêmio de £516.000,00.

Dê um passo à frente, Jason Mercier, pois o prêmio é seu.

_MG_7881Neil Stoddart.jpg
Jason Mercier

A vitória de Mercier aqui completou alguns meses marcantes para o jovem profissional americano. Em Abril passado, destacou-se como classificado PokerStars em San Remo, onde levou o primeiro prêmio de €869.000,00. Ele chegou a uma Mesa Final na World Series, e então voltou para o feltro do EPT no último mês, terminando em sexto lugar e recebendo outra grande quantia. Mercier pegou o vôo rápido para Londres, fez seu buy-in neste grande evento e batalhou seu caminho para a Mesa Final. Agora ele vai levar mais meio milhão de libras de volta para Flórida.

Para se ter uma idéia da qualidade do campo derrotado por Mercier, composto pelos últimos três finalistas - Mercier estava acompanhado de John Juanda e Michael Watson, ali havia uma coroa tripla vencida no ano passado. Como mencionado, Mercier reina como o campeão do EPT San Remo. Watson venceu a WPT Bellagio Cup $15.000,00 em Las Vegas no verão. E apenas semana passada, John Juanda levou o evento WSOP Europa para adicionar aos seus outros braceletes e títulos.

_MG_7555Neil Stoddart.jpg
A Mesa Final alinhada

Adicione a isto o vencedor de múltiplos braceletes, Scotty Nguyen, a sensação online Isaac Haxton, o grande jogador David Benyamine e Isabelle Mercier do Team PokerStars Pro, e estaremos olhando para uma mesa da mais alta qualidade (Só para acrescentar, o Million Dollar Man Dennis Phillips, líder de fichas da mesa final do Evento Principal da WSOP no mês que vem, ficou na bolha. Foi um campo difícil. Tenho certeza de que você entendeu agora).

Isabelle Mercier jogou bem no EPT, terminando duas das Mesas Finais na primeira Grand Final de Monte Carlo, então ficou em sexto na 2ª Temporada de Deauville. Ele ganhou vários prêmios em dinheiro na World Series, incluindo a Mesa Final em 2006, e poucos estavam surpresos em vê-la no feltro desta Mesa Final, mesmo tendo sido a primeira a perecer hoje - em nono lugar, com £51.000,00.

_MG_5446Neil Stoddart.jpg
Isabelle Mercier, do Team PokerStars Pro

A primeira fatalidade da corrida maluca envolveu Watson, do Team PokerStars Pro. Os dois Canadenses estavam com pilhas pequenas no início, mas Watson foi lançado de catapulta na escada quando levou as fichas de Mercier com A-K contra o A-J dela, e também contabilizou Benyamine, que não pode manter seu característico estilo agressivo, ficando com uma pilha pequena o dia inteiro. Watson ouviu Benyamine pagar quando o jogador do PokerStars encontrou áses. O K-J de Benyamine não pegou.

_MG_7179Neil Stoddart.jpg
David Benyamine

Watson ainda não tinha acabado, e tendo eliminado o último Europeu em Benjamine, investiu então contra o único outro jogador de fora da América do Norte. Estamos falando do high roller Japonês, Masaaki Kagawa, que ficou ocupado quando restavam apenas sete. Mas acabou sendo eliminado por A-K de Watson, muito cruelmente, quando o japonês tinha A-Q. Não houve saída para ele e Watson tinha feito o jogo ficar com apenas seis.

O próximo a ir para guilhotina foi Haxton, cuja estratégia de torneio, cultivada nas mesas online do PokerStars, é praticamente sem falhas. Ele não cometeu um erro sequer, empurrando tudo pré-flop com par de oitos. Nenhum erro, isto é, exceto quando bateu nos áses de Juanda. Novamente, não houve saída, e Haxton levou para casa outro pagamento gigante, assim como outra entrada marcante em seu curriculum.

Isaac Haxton falou com o time de vídeo-blog sobre o final...


Assista: High Roller Londres 08: Isaac Haxton no PokerStars.tv

Até este ponto, Peter Jetton havia sido uma presença quieta na Mesa Final, além de ter a maior pilha no início do jogo e conseguir mantê-la enquanto os outros jogadores repartiam as suas. Ele dobrou Nguyen, que tinha uma pilha pequena, então jogamos por mais de 90 minutos com cinco jogadores. Mas Nguyen, de forma barulhenta durante a mesa final, estava finalmente compartilhando seu monólogo com a equipe de entrevista pós-partida, após o K-9 de Juanda eliminar seu A-10.

_MG_5430Neil Stoddart.jpg
Scotty Nguyen

Jetton foi mandado logo pro espaço, após se deparar com a pilha sempre crescente de Mercier. Eles trocaram gentilezas pré-flop, e subitamente moveram todas as suas fichas para o meio. Mercier tinha apenas um par de dois, Jetton tinha A-J. Mas o par de dois evoluiu para uma trinca no flop e não houve saída.

_MG_5466Neil Stoddart.jpg
Peter Jetten

A batalha a três mãos foi intrigante. Watson dobrou algumas vezes, mas não conseguiu superar nenhum de seus oponentes, que trocavam a liderença entre si. Watson estava obstinado, mas acabou sucumbindo com A-7 contra A-K de Juanda. Isto deixou Juanda com uma liderança de fichas de dois para um, mas desapareceu em um pote crucial, o primeiro do mano-a-mano , quando Mercier pagou o all-in de Juanda com Q-J contra A-2. Mercier admitiu que ele pensou que Juanda pudesse eliminá-lo no mano-a-mano, especialmente por causa da diferença de fichas, então estava preparado para pegá-las com um tiro 60-40.

A tática se mostrou válida quando ele recebeu um valete no river para dobrar e então o fez novamente após um pequeno duelo mano-a-mano. Desta vez, usou K-Q contra A-J e fez um broadway straight no flop. Modestamente, Mercier disse que fez duas jogadas péssimas contra Juanda no mano-a-mano. Mas os resultados dos meses recentes revelam um talento real.

_MG_5602Neil Stoddart.jpg
John Juanda

Então partimos para Juanda, que quase completou uma dobrada histórica aqui. Ele tinha suportado 22 horas de mesa final no WSOPE no final de semana passado, triunfando bem para amanhã. Chegou pequeno, mas Londres parece ter feito bem a ele.

Mas vamos mesmo tirar o chapéu para Mercier. E para outra majestosa participação no EPT. Budapeste é a próxima parada, e Londres estará aqui novamente ano que vem.

Ta-ta.

Veja a ação dos dias anteriores nos links abaixo (em Inglês):

The showdown continues
'1 Million Showdown updates - No 7
Final table update 1
EPT '1 Million showdown player profiles
Final table update 2
Final table update 3
Final table update 4
Final table update 5
Final table update 6

Veja a lista completa de vencedoresaqui. Leia mais sobre este grande evento no blog brasileiro do PokerStars.net. Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Alemão, Italiano, Holandês e Sueco!

E não se esqueça do PokerStars.tv para manter-se entretido por quanto tempo precisar. O EPT Live estará de volta em Dezembro para o EPT Praga, os detalhes completos podem ser encontrados nosite do EPT (em Inglês).

outubro 5, 2008 7:30 PM

EPT Londres: Como fazer um milhão - ensina Michael Martin

Todos chegaram de olho no primeiro prêmio de £1m, e hoje à noite ele foi creditado na nova conta bancária de Michael Martin, o jogador de 24 anos de Washing Cross, PA. O conhecido jovem americano ascendeu do nada ao tudo novamente e acabou se mantendo firme contra a pancadaria de uma mesa final especialmente brutal. Em determinado momento, ele foi reduzido a apenas 95.000 em fichas, e isso aconteceu no big blind de 80.000. Mas triplicou, dobrou e fez um double up novamente, galgando a liderança de fichas quando restavam apenas quatro, não abandonando esta posição desde então.
_MG_7347Neil Stoddart.jpg

A mãe, a namorada e Brandon Schaefer, uma boa amiga de Martin, foram todas vê-lo na Mesa Final, e cada uma delas foi muito bem recompensada pelos seus problemas. Apesar da mísera abertura durante alguns níveis, a que seus patrocinadores assistiam receosos, Martin viveu então um mini-renascimento, e depois outra queda, mas então houve aquela repentina volta por cima com apenas três mãos memoráveis. E quando as flutuações finalmente acabaram, um pouco antes das 11 da noite, Martin era então milionário.

Assista à entrevista com Michael Martin logo após sua vitória do EPT Londres...


Assista a EPT Londres 08: O Vencedor - Michael Martin no PokerStars.tv


A Mesa Final foi notável por mais razões do que apenas aquele £1m. Foi a terceira presença do francês Frenchman Antony Lellouche, e a segunda de Johannes Strassmann (que também saiu fora quando a bolha estourou perto dos últimos oito), em um ano. Lellouche teve a chance de se sair um pouco melhor do que em seu segundo lugar em San Remo no mês de Abril. Já Strassmann teve a oportunidade de marcar o segundo ponto de 2 nessa estação para o time de meteoros alemães, depois do sucesso de Sebastian Ruthenberg em Barcelona no último mês.


_MG_6680_Neil Stoddart.jpg
Como eles se configuraram

Mas neste evento eles foram os dois primeiros a enxergar a porta de saída. Strassmann levou em conta Lellouche, com K-J contra A-9 - embora este já tivesse perdido uma corrida anteriormente, na primeira mão da final, quando seus quatros foram superados novamente por A-K de Phillippe Dauteuil.


_MG_5065_Neil Stoddart.jpg
Johannes Strassman

Mas então Strassmann se viu novamente com a corda no pescoço, impiedosamente castigado pelos deuses da grande fortuna. Martin fez um double up sobre o Alemão com a primeira eliminação, e então o Team PokerStars Pro Marcin Horecki também colocou Strassmann entre a cruz e a espada, ou melhor, entre Q-J contra A-10 do jogador. Um valete no river e a mão final de Strassmann foi valetes contra Rei-Dama. Martin tinha K-Q, mas surgiu uma dama no flop e o meteoro se desmaterializou no ar.

A próxima queda foi de Alan Smurfit, jogador iraniano que provavelmente tinha mais experiência no poker ao vivo que todos seus oponentes juntos.

_MG_5084_Neil Stoddart.jpg
Alan Smurfit

O jogador de 66 anos declara disputar por puro entretenimento, mas apenas porque ele evidentemente gosta demais do jogo para descrevê-lo como trabalho. Mas não há dúvidas de que também poderia viver disso: ele orgulhosamente usa seu bracelete da World Series of Poker como protetor de suas cartas e freqüentemente fatura nos grandes eventos ao redor do mundo.

Esta foi a primeira Mesa Final do EPT (embora ele tenha feito sua 14ª aqui no último ano), que terminaria com £153.351 pelo sexto prêmio. Depois de chegar a ser a pilha pequena, ele a empurrou para dentro com A-4 e foi Martin quem pagou com J-J. Não havia boas surpresas para Smurfit, e ele estava fora.

Philippe Dauteuil, do Canadá, ficou em quinto. Ele liderou o torneio durante longos períodos durante os dias dois e três, mas batalhou para levar seu jogo até a Mesa Final, apesar dos torcedores vociferantes que recebeu de fora. Alguns deles podem ter tomado uma cervejinha ou duas enquanto gritavam e urravam até ficarem roucos, apoiando seu compatriota, mas ficaram calados quando ele correu com oitos atrás dos reis de Horecki.


_MG_5076_Neil Stoddart.jpg
Philippe Dauteuil

Enquanto todo esse som e fúria ocorria for a e ao redor da Mesa Final, um homem impressionou simplesmente todos aqueles que sabem alguma coisa de poker. Seu nome era Eric Liu, de San Francisco, um jogador de altas apostas em dinheiro real que no início do ano se comprometeu a melhorar seu jogo nos torneios ao vivo. Se ele melhorar ainda mais, tornar-se-á um dos maiores de todos os tempos: ele chefia a mesa por dois dias inteiros, dificilmente mostrando uma mão ruim e construindo uma pilha gigantesca.

Com quatro restando, Liu tinha mais fichas que todos seus oponentes juntos. Mas nem mesmo ele pôde sobreviver à mais violenta das disputas e foi nocauteado em quarto. Em sua entrevista após o torneio, ele culpou sua inexperiência pela derrota, mas não é lá grande coisa falhar tentando fazer flush ou straight draw, com uma carta mais alta do que qualquer outra na mesa, e depois transforma um suit de áses em pocket rockets, para então colidir com um jogador (Martin), na mais louca corrida de cartas jamais vista numa Mesa Final de EPT. Não restam dúvidas de que Eric Liu voltará.

Os três finalistas eram o supracitado Martin, Michael Tureniec, classificado PokerStars sueco e outro homem do qual ainda ouviremos bastante: Marcin Horecki. Esse polonês é o mais novo membro do Team PokerStars Pro, que entrou para o time após iniciar uma brilhante carreira de poker com alguns resultados impressionantes ao redor da Europa e foi então chamado pelo mais fantástico Time para a World Series of Poker.


_MG_5100_Neil Stoddart.jpg
Marcin Horecki


Em seus primeiros dribles vestindo a camisa dos Pros, ele tem se demonstrado traqüilo e eficiente, impressionando colegas de mesa com a consistência de sua agressividade. E aqui em Londres ele pagou todas suas dívidas ao encontrar o momento certo de empurrar sua pequena pilha para o centro repetidas vezes, até o momento em que ela se tornou a maior da mesa. Claro, ele também não poderia contar com Martin e perdeu um grande pote para ele quando 10-2 do americano fizeram incursões no river. O resto das fichas acabaram indo para o centro atrás de K-8, e sem poder bater K-J de Tureniec.

A trceira colocação é uma boa marca para o jogador polonês, que combina com as grandes façanhas no European Poker Tour de muito de seus colegas do Team PokerStars Pro. Bem-vindo ao clube, Marcin.

A partida de Horecki, entretanto, deixou dois na disputa pelo dinheiro. Dois para um único milhão de pounds - algo em torno de $1,7m e muito dinheiro em qualquer língua. Como geralmente ocorre, a disputa subia e descia, indo pra lá e pra cá, com a liderança de Martin de três fichas pra uma sendo arrochada, depois alargada, para ser refreada novamente. O pote crucial veio próximo ao nível 31, em que os blinds e antes tinham aumentado para 60.000-120.000, e Martin caiu num blefe de Tureniec. O sueco deu um golpe de valete-high na mesa, com nada além de uma dama-high, mas Martin pagou com grande parte de sua pilha fazendo par com 10s carta mais alta do flop e eles estavam bem.

Logo depois, tudo foi all-in pré-flop com Martin segurando quatros e Tureniec com K-9. Os quatros formaram um set no turn e o milionário estava coroado.

Daremos mais uma palavra, entretanto, acerca de Tureniec. Ele pagou $800 para entrar num satélite última chance para o EPT Londres no PokerStars, que ocorreu no final de semana anterior à abertura do torneio.


_MG_5093_Neil Stoddart.jpg
Michael Tureniec transforma $800 em £500.000

Ele ganhou seu lugar, tomou seu caminho para a Grã-Bretanha, e foi aí que se deu a grande seqüência de fatos. Ele faturou mais de meio milhão de pounds pelo segundo lugar, entrando para o clube cada vez mais popular de Jogadores PokerStars que fazem fortuna com realmente muito pouco.

Mas agora que a poeira baixou, Martin tem o seu milhão e um grande sorriso no vídeo. Ele estava na lista alternativa para o torneio e nem mesmo tinha certeza de obter um lugar. Mas foi chamado já no desenrolar do nível um e sequer olhou para trás. Um grande campeão. E merecido.


_MG_7383Neil Stoddart.jpg

É hora de dar boa noite a essa metade do EPT Londres.

Confira aqui a lista completa de vencedores. Continue a acompanhar o evento high roller aqui. E fique por dentro do que ocorreu na disputa do dia através dos links abaixo (em Inglês):

Primeiros Dias e Finais
The contenders
Atualizações do Nível 25 updates
Atualizações do Nível 26 updates
Atualizações do Nível 28 updates
Atualizações do Nível 28 updates
Atualizações do Nível 29 updates
Atualizações do Nível
Atualizações do Nível 31


Leia mais sobre o EPT Londres no blog brasileiro do PokerStars.net. Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Alemão, Italiano, Holandês e Sueco!

E não se esqueça de que o PokerStars.tv pode manter você entretido durante o tempo que você desejar.

outubro 4, 2008 7:42 AM

EPT Londres: então, restaram oito

Antes que os planos começassem hoje, achamos uma boa idéia limpar as mesas, cancelar todos os compromissos e fazer todo o possível para assegurar que nada nos desviaria do foco neste dia essencial no EPT Londres. Se você foi capaz de fazê-lo bem, considere recompensar depois aqueles que ama no próximo fim de semana. Se não, você perdeu um grande dia de poker. Permita-nos atualizá-lo.

th_MG_6560_Neil Stoddart.jpg

Ao início da disputa, havia quatro mesas espremidas na área de torneio restante do Victoria Casino cercada de jogadores e espectadores livrando-se dos efeitos de um final temporão e do bar até tarde na noite passada. Divididos igualmente ao redor deles estavam alguns reis do poker, bem equipados para exibir golpes de poker de dar o que falar mesmo àqueles que dizem já ter visto tudo aquilo antes.

Entre os que começaram havia um único sobrevivente do Team PokerStars Pro, Marcin Horecki, Michael Martin famoso na Grande Final do EPT, Max Pescatori e Sorel Mizzi e Ian Frazer, o último dos ingleses. As cores do PokerStars não se resumiam às mangas da camisa de Horecki. O cometa Johannes Strassmann preparou seu caminho ao longo do dia, assim como Peter Eastgate, Million Dollar Man. A lista de jogadores com um recorde comprovado parecia não ter fim. Scotty Nguyen ainda estava de pé, Antony Lellouche também, para não mencionar o líder de fichas da última noite, Philippe D’Auteuil.

Então não era de se surpreender que reunir um grupo tão seleto de jogadores de primeira linha, trancá-los numa sala, distribuir-lhes cartas por 11 horas e aumentar os blinds a cada nível fosse gerar alguns efeitos explosivos que ou tirariam os jogadores da disputa – como aconteceu com Nguyen (32nd), Mizzi (27th), Frazer (25th) e Molander (21st), Eastgate e Pescatori -- ou, pelo lado positivo, funcionariam como um catalisador, injetando-lhes a energia suficiente para torná-los homens-foguetes, que poderiam vistos de qualquer lugar da cidade.

th_MG_6268_Neil Stoddart.jpg
Scotty Nguyen

Oito jogadores nas linhas abaixo, talvez a partir de um momento único e peculiar, poderiam lutar por algo.

Michael Tureniec, Suécia, classificado PokerStars – 1.331.000
Eric Liu, USA - 1.308.000
Antony Lellouche, França – 1.022.000
Michael Martin, EUA – 718.000
Philippe Dauteuil, Canadá – 476.000
Johannes Strassmann, Alemanha, meteoro do PokerStars – 434.000
Alan Smurfit, Irlanda – 396.000
Marcin Horecki, Polônia, Team PokerStars Pro – 309.000

Chegar a esse ponto não foi fácil. O caminho foi sem descanso, desde o momento em que Nguyen foi eliminado até a saída de Erik Sjodin em nono, o que levou a disputa a um desfecho.

Michael Martin foi o primeiro a sair em diparada, estabelecendo rapidamente uma liderança ao ser também o primeiro jogador a construir sete pilhas do tamanho aproximado de uma caixa de chapéu. Ele continuou a usar sem problemas. Antony Lellouche fez o mesmo. Esse francês criou o seu caminho para a sua terceira final do EPT final, sendo a primeira em que ele realmente chegou à mesa 12 meses atrás. Também digno de nota, Michael Tureniec, classificado PokerStars, parecia fazer o mesmo, terminando o dia com a liderança de fichas e na posição de jogador mais próximo do prêmio de £1 milhão.

_MG_6578_Michael Martin_EPT5Lon_Neil Stoddart.jpg
Michael Martin

Johannes Strassmann marcará presença na mesa final do EPT pela terceira vez amanhã, sem dúvida esperando superar as derrotas recentes em Praga e San Remo no último ano (em nono ambas as vezes) e vingar-se daquele fatídico dia da 3ª Temporada em Dortmund, em que a liderança e a força lhe foram destituídos para nunca mais serem vistos de novo.

th_MG_6639_Neil Stoddart.jpg
Johannes Strassmann

Enquanto os níveis corriam, as luzes brilhantes pareciam esmaecer. Jonas Molander caiu, diretamente nos braços de seu quinto prêmio EPT, o mesmo para o italiano Max Pescatori, castigador de muitos jogadores eliminados na última semana, que terminou em 15º lugar por sua saída no EPT. O piloto de Fórmula Indy e jogador PokerStars Gualter Salles, que começou a jogar há pouco mais de dois anos paralelamente ao seu trabalho com um time de corrida, viu sua aventura a toda velocidade desacelerar até o 14º lugar.

th_MG_6277_Neil Stoddart.jpg
Gualter Salles

O Million Dollar Man Peter Eastgate tentou antecipar sua Mesa Final no EPT antes de sua data no deserto de Las Vegas no próximo mês. Simplesmente não era para ser para o dinamarquês, que sofria numa corrida inesperada de mãos ruins antes de sucumbir finalmente numa redução de fichas crônica.

A palavra final ficou reservada para o membro do Team PokerStars Pro Marcin Horecki (pronuncia-se goret-ski, caso você esteja se perguntando). Horecki derrotou alguns jogadores nesta semana com um jogo sólido, ganhando um pote vital no dia dois que enviou alguns jogadores para a porta da rua e aumentou a sua fortuna.

_MG_6191_Marcin Horecki_EPT5Lon_Neil Stoddart.jpg
Marcin Horecki, Team PokerStars Pro

Horecki levou outro importante pote que teve as mesmas conseqüências hoje. All-in com Q-9, Strassmann pagou com o que se parecia com um par de ases de fim de dia. Tudo claro no flop, mas então surgiram os miraculosos noves na corrida. Ele já teve um prêmio EPT associado ao seu nome em Copenhague, em 2007. Esse prêmio foi facilmente superado nesta semana. Estamos esperando para ver em quanto.

E é válido ter dois pontos em mente enquanto nos direcionamos para a Final. Tureniec, o líder de fichas, é um classificado PokerStars, outro exemplo de como uma vitória num satélite PokerStars pode ser uma forma vantajosa de realizar o seu marco no EPT. E Strassmann tem a possibilidade de virar o jogo e vencer o título EPT na terceira tentativa de um classificado, unindo-o aos outros dois dos jogadores PokerStars da Alemanha e Áustria, também conhecido como nossos meteoros.

Tudo isso está por vir, com a cobertura completa da Mesa Final no PokerStars blog e no EPT Live (em Inglês), onde você poderá assistir a todas as mãos, do início ao fim, do conforto de sua casa. Venha e pense nisso, você também terá de cancelar todos os planos que tem para amanhã.

Clique nos links abaixos para mais informações de como o dia três se desenvolveu:

O amanhecer do dia três
O dia três começa
Sem surpresas
Lugares Vazios
Dia 3 bullet-point boletim No 1
Através de uma lente
Colocando as fichas dentro
Dia 3 bullet-point boletim No 2
Dia 3 bullet-point boletim No 3
Vruummmm!
Salles continua com a ajuda de Firestone
Vídeo dump
Carnage
Atualizações do Nível 21
Atualizações do Nível 22

* Alguns links estão disponíveis apenas em Inglês.

Leia mais sobre o EPT Londres no blog brasileiro do PokerStars.net . Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Alemão, Italiano, Holandês e Sueco!

O PokerStars.tv está sempre disponível para mantê-lo entretido ao longo da noite, onde Joe Elpayaa e outros deixarão você por dentro do que é se dar bem no EPT. Aqui está ele. Boa noite.


Assista ao EPT Londres 08 Dia 3: Joe Elpayaa no PokerStars.tv

outubro 4, 2008 5:05 AM

EPT Londres: O amanhecer do dia 3

A manhã recebe o dia 3 do EPT Londres e enquanto a cidade acorda para o primeiro dos dois dias de descanso do final de semana, há uma atmosfera bem diferente na sala de carteado do Victoria Casino – ou pelo menos haverá, em poucas horas. Isso ocorrerá no momento em que os 32 jogadores sobreviventes, gladiadores do campo de batalha já desgastados, onde havia 596 jogadores apenas dois dias atrás, começarão o conflito mão a mão necessário para que consigam um lugar na mesa final amanhã.

Na noite passada Philippe D’Auteuil deixou seu lugar como o líder e todos os olhos estarão neste canadense hoje, conforme ele espera aumentar este poder às custas dos outros. Mas como vimos antes, o líder de fichas pode ser envenenado com o cálice das probabilidades, um fardo para alguns que pode se tornar realidade facilmente -- caso os volúveis Deuses do poker estejam dispostos a bagunçar sua vida.

Um jogador com plano para ascender na lista de contagem de fichas é o membro do Team PokerStars Pro, Marcin Horecki, o último sobrevivente do Team Pro, que terminou a última noite com 102.000. O profissional polonês foi chamado para juntar-se ao Team PokerStars Pro na World Series deste ano, e como é um dos mais novos membros, talvez não seja tão famoso como seus outros colegas viajados e honrados. O time de vídeo-blog do PokerStars pode apresentá-lo.


Assita EPT Londres 08: Marcin Horecki no PokerStars.tv

outubro 3, 2008 5:25 AM

EPT Londres: a corrida até a porta de saída


Há dias no European Poker Tour que parecem durar tanto tempo após a meia noite, que depois você pode ir diretamente à primeira padaria aberta e pedir um suco de laranja. E há também dias que passam num piscar de olhos. Felizmente, para o pessoal da imprensa apertado dentro de salas de treinamento da equipe e no bufffet completamente devastado do um centro de mídia do Victoria Casino, este foi um dia bem rápido: fomos de 154 a 32 antes mesmo que os bares de Londres se fechassem, o que ocorre às 11 da noite.

A forma com que tudo ocorreu não foi bem para aqueles que não podem ver sangue. Houve assassinato lá fora. Antes que tivéssemos instalado nossos computadores, o fluxo de eliminações corria solto, e um membro da mídia irrompia da porta a cada três minutos para anunciar (sem nenhuma ordem específica) que todos estes haviam sido eliminados antes da bolha estourar: Ramdin! Akkari! Bellande! Channing! De Wolfe! Fougeron! Kalo! Hansen! Cascarino! Chidwick! Jelassi! Kravchenko! Mercier! Watson! Mouawad! Thew!

Então tivemos uma pausa de cerca de uma hora, já que havia um período prolongado de disputa mano-mano quando os 58 se reduziam aos 56 que seriam pagos. O homem de pouca sorte foi Hafiz Khan, logo atrás de ElkY no PCA de Janeiro, mas aqui ele saiu pelos ares junto com a membrana da bolha que estourava.

Isso nos levou a uma pausa para o jantar de 45 minutos, mas ao retornarmos, o clima não era de relaxamento. Na verdade, foi um dos períodos de eliminações mais acelerados que eu jamais vi. Jogadores saíam aos montes, entre eles Arnaud Mattern, campeão do EPT Praga, que foi rebaixado de maioral a marginal por seu compatriota David Benyamine em dois golpes certeiros: 7-8 de Benyamine derrotou A-9, e então 4-4 venceu Q-Q.


_MG_5715_Neil Stoddart.jpg
Arnaud Mattern

Vanessa Rousso, Team PokerStars Pro, deve ter tido alguma simpatia por Mattern depois que seu A-K não servia para A-J de Max Pescatori quando um valete surgiu no flop. Ter todas as pilhas no pré-flop deve ter doído um pouquinho.


_MG_5698_Neil Stoddart.jpg
Vanessa Rousso

Isso permitiu a Vicky Coren e Marcin Horecki hastear a bandeira do Team PokerStars. Mas Coren só estava na metade do mastro quando a bolha estourou e ela se viu completamente no chão, sem poder reagir contra os reis de Anthony Lellouche contra seus dez. Então restou um dos membros mais novos do Time – o jogador polonês Horecki – para entrar sozinho no dia 3.


_MG_5598_Neil Stoddart.jpg
Marcin Horecki

Horecki nocauteou Julian Thew e Stephen Chidwick na mesma mão e aportou no dinheiro.

´Também acumulando massivas pilhas de fichas hoje à noite, estão Sorel Mizzi e Joe Elpayaa, classificados PokerStars talvez mais conhecidos como "Imper1um" e "bigegypt".


_MG_5608_Neil Stoddart.jpg
Joe Elpayaa

Logo teremos acesso à contagem de fichas oficial e completa, clique aqui para conferi-las (em Inglês). Mas adiantamos que estes dois a seguir estarão logo no topo, ao lado dos anteriormente mencionados Lellouche and Benjamine. Na lista estará Peter Eastgate, o Million Dollar Man dinamarquês, se aquecendo para a Mesa Final do próximo mês com uma boa performance aqui.


_MG_5619_Neil Stoddart.jpg
Peter Eastgate

Logo no topo está o canadense Philippe D'Auteuil, que aparecerá com mais de 400.000 para usar no seu dia de trabalho.

Amanhã os 32 restantes deverão caber nas oito cadeiras da Mesa Final. Provavelmente não será mais rápido do que tem sido até agora.

Veja uma retrospectiva do que aconteceu hoje com nosso guia de links do dia dois do EPT Londres.

Prontos para o dia 2
O dia 2 ficando sério
Ninguém disse que seria fácil
Chuva de All-ins
Prêmios e Pagamentos
Mudança e fortunas
Mais fichas para Marcin
Landmarks
Jogadores do PokerStars prosperam
Notícias de cabo a rabo
Day two – bullet-point boletim No 1
Mais duas eliminações
Fortunas flutuantes
Mizzi esmagado por um pote monstruoso
A Bolha Estoura
A corrida até a porta
O enredo se condensa

*Alguns links encontram-se disponíveis apenas em Inglês.

em, Alemão, Sueco e Holandês!

Leia mais sobre o EPT Londres no blog brasileiro do PokerStars.net . Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Alemão, Italiano, Holandês e Sueco!

Você também sempre pode rever tudo através da ação televisiva do EPT no PokerStars.tv, onde você encontrará esta entrevista com Carter Gill sobre como se classificar através do PokerStars, entre muitos outros:


Watch EPT Londres 08: Classificação de Carter no PokerStars.tv

outubro 2, 2008 7:01 PM

EPT Londres: Prontos para o Dia 2

Dissemos que hoje seria um dia chocante e cheio de grandes nomes e não nos sentimos desapontados. Nesta manhã, a maior concentração de forças do poker desde... bem, desde ontem, tomou seu rumo para o Victoria Casino de Londres, na Edgware Road, para uma batalha real sobre feltros. Aproximadamente 300 vieram ontem, e a mesma quantia veio hoje, formando um campo oficial 596 jogadores. O plano é ter apenas um jogador vivo no Domingo; então, tivemos um combate brutal o tempo todo.


_MG_5545_Neil Stoddart.jpg

Joe Hachem

Só a lista de membros do Team PokerStars já incluia Campeões Mundiais como Chris Moneymaker, Greg Raymer e Joe Hachem. Também Barry Greenstein, Bertrand "ElkY" Grospellier, Dario Minieri, Isabelle Mercier, Noah Boeken, Hevad Khan, Katja Thater, Marcin Horecki, Humberto Brenes e André Akkari.

Isto sem citar quatro dos Million Dollar Men do próximo Evento Final da World Series, usando o EPT como um aquecimento para sua grande dança no deserto no próximo mês. Além desses, havia o Embaixador PokerStars Boris Becker disputando seu segundo evento EPT.


Assista ao vídeo EPT Londres 20008 Dia 1B; Entrevista com Boris Becker no PokerStars.tv

Após ler tudo isto e tomar fôlego, voltemos à ação.

Como sempre foi, ela foi feroz, rápida e impiedosa. O EPT não oferece lugar para se esconder, nenhuma sombra para se salvar de relâmpagos danosos - e sem uma boa pilha, a sobrevivência aqui pode ficar desconfortável. A mesma história estava em jogo para mais de 200 jogadores hoje à noite, banidos para o rail, deixados lá para assistir aos combatentes caírem vítimas, ou construírem uma pilha boa o suficiente para tentar chegar no dinheiro amanhã de tarde.

Então, quem foram estes caídos?

Greg Raymer foi um deles, talvez mais vítima da falta de sorte do que de qualquer outra coisa. Com um nuts no flop, foi eliminado dois streets depois. 


th_MG_5190_Neil Stoddart.jpg

Greg Raymer

th_MG_5168_Neil Stoddart.jpg
Alberto Tomba

Sebastian Ruthenberg, o vencedor do EPT Barcelona, teve o mesmo destino. Assim ocorreu com muitos outros em diferentes estágios, incluindo Andy Black, Anthony Holden, Darus Suharto, Hevad Khan, Katja Thater, Dustin Mele, Alberto Tomba, Ylon Schwartz e Andreas Hoivold.

Outro Million Dollar Man do PokerStars, Darus Suharto, conversou com o time de vídeo-blog.


Assista ao vídeo EPT Londres 2008 Dia 1B: Entrevista com Darus Suharto no PokerStars.tv.

Não havia dúvidas com relação à fantástica mesa de morte e demolição bem no centro: ali estava o Team PokerStars Pro Noah Boeken. Junto a ele no páreo, também marcavam presença os pesos pesados do poker Phil Ivey, Danny Ryan, Praz Bansi e Chris Bjorin - todos trabalhando duro nos primeiros níveis e sendo efetivamente derrotados pelo melhor.

_MG_5411_Neil Stoddart.jpg
Noah Boeken

Próximo à mesa de Noah, estava Bertrand "ElkY" Grospellier, cujos dias não estavam sendo exatamente como você gostaria de planejar. Logo reduzido à pilha pequena, foi forçado a entrar all-in diversas vezes, acabando por sucumbir na metade do dia. David "Chino" Rheem teve o mesmo resultado; também Chris Moneymaker e Joe Hachem encontraram o mesmo destino mais tarde.

Mas onde há combate, há também sucesso - ainda que apenas temporário. Foi o que sentiram na pele Isabelle Mercier e André Akkari, Team PokerStars Pros que passaram o dia lado a lado, mas acabaram chegando lá como dois maratonistas que, em espírito de camaradagem, atravessam a marca final juntos. Barry Greenstein junta-se a eles, assim como Marcin Horecki, membro polonês do time.

th_MG_5117_Neil Stoddart.jpg
Barry Greenstein

Peter Eastgate foi o último Million Dollar Man sobrevivente, enquanto Stephen Chidwick e Ramzi Jelassi, classificados PokerStars, retornarão ambos amanhã. Gualter Salles, piloto brasileiro de corrida Stock Car e jogador patrocinado PokerStars, escapou de um trânsito pesado e colisões de alta velocidade para fazer o mesmo - assim como Julian Thew, campeão anterior do EPT, e Scotty Nguyen, campeão do evento H.O.R.S.E da World Series.

Esta é apenas uma parte da história. Você pode encontrar a contagem de fichas aproximada dos notáveis sobreviventes AQUI (em Inglês). Contagens oficiais serão publicadas no mesmo lugar assim que realizadas.

Outras bem-vindas notícias vieram hoje de outra parte de Londres. O Evento Principal da World Series of Poker Europe estava fervendo na cidade, com dois jogadores queridos da família PokerStars com esperanças de terminar o dias com um bracelete. Daniel Negreanu, Team PokerStars Pro, e o russo Ivan Demidov, Million Dollar Man, eram essas duas promessas e, embora ontem à noite ouvíssemos que Negreanu finalizava em quinto lugar, Demidov ainda estava na caça quando a quinta-feira se tornava sexta.

Hoje, ele falou aos nossos vídeo-bloggers:


Assista ao vídeo EPT Londres 2008 Dia 1B - Mesa Final WSOPE com Ivan Demidov no PokerStars.tv.

Então, falemos sobre amanhã. Depois de preparar o terreno no dia 1, o torneio terá um novo cenário no dia 2, quando o dinheiro, o campo concentrado e as apostas galopantes farão deste um dramático dia nas mesas.

O dia nas mesas começa às 13:30, assim como nossa cobertura. Enquanto isso, veja todas as notícias do dia nos links abaixo (em Inglês):

Todas as estrelas protagonizam o Dia 1B
Perdendo a terra de vista
Bullet-point boletim No1
O vazio foi preenchido
Dois dentro, dois fora
Rota 1 para o EPT
Ou não EPT
Bullet-point boletim No2
Galeria de estrelas
A vida acaba no Tubarão
Bullet-point boletim No3
Team PokerStars reunido
A pilha ataca
Sobevivendo ao dia de acordo com Ryan
Sem parar depois da pausa
Akkari jogando pela camisa
O último dos Million Dollar Men
Pedantry, double-ups e eliminações

Leia mais sobre o EPT Londres no blog brasileiro do PokerStars.net. Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Italiano, Alemão, Sueco e Holandês!

outubro 1, 2008 7:26 PM

EPT Londres: o Dia 1A chega ao fim

E foi isto. Mais de 200 eliminações, alguns altos e baixos, uma ou duas ascensões eufóricas e o trágico colapso. Após três pratos no jantar e nove níveis de jogo, o dia 1A finalmente chegou ao fim em Londres. Por fora, a Edgware Road ainda está viva, jamais um lugar sobre o qual se podem criar expectativas, com lojas e bares abertos pela noite afora. Por dentro, pelo menos para alguns, há um suspiro coletivo de alívio.

_MG_4476_Neil Stoddart.jpg

Começamos com cerca de 300 jogadores - um cenário que, num só dia, foi maior do que o campo de todo o EPT Londres na 1ª Temporada. Mas, quando o fim se aproximava há poucos minutos atrás, menos de 100 resistiam.

Movidos pelo otimismo inicial do dia, os Team PokerStars Pros estavam lá para disputar o triunfo no EPT. Gavin Griffin, campeão da Grande Final, e Vicky Coren, antigo vencedor do EPT Londres, estavam aqui, bem como Chad Brown, Vanessa Rousso, Victor Ramdin, William Thorson, Alex Kravchenko, Alex Gomes e Luca Pagano. Naturalmente, havia fogos de artifício ao longo do caminho de todos eles.

Gavin Griffin subiu como um foguete para 70.000, mas foi eliminado no nível nove, tendo sido derrotado em grandes potes antes de agir quando sobravam poucos minutos. Não funcionou e ele acabou afundando tragicamente.

_MG_4586_Neil Stoddart.jpg
Gavin Griffin, Team PokerStars Pro

Vanessa Rousso teve um dia surpreendente. Assim como Griffin, ela reinou entre os líderes no fim da tarde, até que foi perdendo o brilho à medida em que o dia escurecia. William Thorson também experimentou uma queda semelhante. O sueco mudou seu hábito de toda a vida optar pelo dia 1A ao invés do 1B, mas logo descobriu que estava mesmo no dia em que teve que pegar a estrada.

_MG_4614_Neil Stoddart.jpg
Vanessa Rousso, Team PokerStars Pro

Em termos de liderança da noite, despontam muitos nomes. Sorel Mizzi, classificado PokerStars, é um candidato para o título, com uma pilha de fichas vermelhas e roxas de mais de 92.000. Max Pescatori também está lá. Seu desempenho hoje foi incrível, levando-o das profundezas do desespero - uma pilha de 3.500 nos poucos níveis iniciais - a gigantescos 93.000. Scott Montgomery também tem um bom lugar. Ele sorria durante o caminho ao ultimo nível, graças à sua pilha que media mais de 90.000.

_MG_4573_Neil Stoddart.jpg
Entre os líderes, Sorel Mizzi

Abaixo deles está uma série de outros notáveis, listados na página de contagem de fichas (em Inglês). Um dia de trabalho nada mau para alguns dos Team PokerStars Pros. Apesar da perda de Brown, Pagano, Gomes, Griffin e Thorson, ainda havia esperanças para Alex Kravchenko e a aliteração do trio VVV: Victor, Vanessa e Vicky.

Amanhã mais Team PokerStars Pro tomarão seus lugares, entre eles os Campeões Mundiais Chris Moneymaker, Greg Raymer e Joe Hachem, ao lado de ElkY Grospellier, Barry Greenstein, Hevad Khan, Isabelle Mercier, Humberto Brenes e Dario Minieri. Também veremos a maioria dos PokerStars 6, os Million Dollar Men, aquecendo-se aqui antes de seu fatídico encontro com o destino no próximo mês. E não pára por aí, também Alberto Tomba e Boris Becker estarão aqui amanhã.

Hoje à noite, no entanto, missão cumprida para os 90 jogadores que estão de olho no dia dois. Para saber tudo sobre o dia deles, visite os links abaixo (em Inglês):

Londres chamando
Sobre ontem à noite...
O plano de Coren de obter o segundo título progride
Bullet-point boletim - No 1
Bullet-point boletim - No 2
Mesa Tsar Kravchenko
Suarez all-in para dobrar
Primeiro vôo para Estocolmo
Qual o seu bife?
Bullet-point boletim - No 3
Um sobe e outro desce no Team PokerStars
Dois caminhos para o sucesso
Serendipity
Bullet-point boletim - No 4
Despelando
Rousso disparando
Rousso de volta à Terra
A volta pra casa
Bullet-point boletim - No 5
Desfecho

Leia sobre o EPT Londres no blog brasileiro do PokerStars.net. Você também pode acompanhar a cobertura do EPT em Italiano, Alemão, Sueco e - novidade para o EPT Londres - em Holandês!

Obtenha também uma retrospectiva do dia através de imagens em movimento do incomparável PokerStars.tv (em Inglês). Veja o que Bertrand Grospellier, membro do Team PokerStars Pro, tem a declarar sobre sua presença nas mesas de amanhã.


Watch EPT Londres 2008 dia 1A; Entrevista com Bertrand Grospellier no PokerStars.tv.

E aqui está Eddie Holden, classificado PokerStars que nunca havia jogado um EPT antes de se classificar para o presente evento num satélite PokerStars. Poderá ser você da próxima vez.


Watch EPT Londres 2008 Dia 1A: Entrevista com Eddie Holden no PokerStars.tv.

outubro 1, 2008 2:15 PM

Chris Moneymaker vence o TOC dos Million Dollar Men

Foi uma espécie de batalha dentro de uma jaula, com cadeiras de metal, serras elétricas e morteiros sendo armas de jogo válidas. Competindo estavam mestres do poker do século 21. Quatro deles com braceletes de campeões da World Series. Os outros cinco com a sua chance de um bracelete em apenas algumas semanas.

Nisto que o PokerStars batizou de Torneio dos Campeões da World Series (TOC), parte da promoção do mês dos Million Dollar Men, cinco dos seis Million Dollar Men do PokerStars enfrentaram Tom McEvoy, Chris Moneymaker, Greg Raymer e Joe Hachem.

WSOPTOC.jpg

Clique na imagem para ampliar

Peter Eastgate, Ylon Schwartz, Darus Suharto e David "Chino" Rheem tomaram os seus lugares para umas rodadas de prática com os melhores. Ivan Demidov tinha um lugar na mesa, mas estava preocupado com seu tempo nas duas mesas finais da World Series of Poker Europe e não conseguiu disparar de seu laptop durante o evento TOC. Dennis Phillips tinha outro compromisso e não pôde vir.

Com ação no estilo guerra-relâmpago, o inteiro torneio de mesa única levou apenas uma hora e oito minutos para ser concluído, durante os quais vimos Moneymaker derrubar Rheem logo na primeira mão. Hachem e Raymer caíram nas mãos de Peter Eastgate nos minutos seguintes. Eastgate e Suharto sairiam a seguir, deixando Schwartz, Moneymaker e McEvoy a batalhar pela meia hora seguinte.

Quando a poeira da guerra dissipou, eis que Chris Moneymaker (recém-saído de uma bela performance no World Championship of Online Poker do PokerStars) emerge com mais um título.

E este foi apenas o começo da promoção Million Dollar Men, que inclui torneios freeroll e a sua chance de arrematar uma quota dos ganhos dos Million Dollar Men na mesa final da WSOP. Para mais informações sobre todos os novos eventos da promoção, visite a página dos Million Dollar Men do PokerStars.